sexta-feira, 27 de abril de 2007

Autoritarismo e atéismo

É um erro muito comum afirmar que a prova da maldade do ateísmo é o resultado do massacre de milhões de pessoas por Hitler e Stalin, supostamente ateus. Stalin era ateu, sem dúvida, mas Hitler era católico. De qualquer forma, esta lógica é simplesmente simplória e estúpida. É comparar alhos com bugalhos, laranjas com bananas.

O motivo pelo qual Hitler e Stalin mataram milhões de pessoas não foi "pregar" o ateísmo, mas sim tentar psicoticamente espalhar suas políticas assassinas e atrasadas (de esquerda, vale adicionar). Hitler queria "limpar" a humanidade e implantar o seu Nacionalismo; e Stalin acreditava piamente que o comunismo era a solução para as mazelas da humanidade, e matou milhões de pessoas para impor seu modelo tosco. Hitler e Stalin não acordaram um dia e disseram: "Ei, vou matar um monte de gente para espalhar o ateísmo! Viva a ausência de deus!"

O fato de serem ateus (sic) não é a "causa" da chacina, mas apenas uma característica de ambos (Hitler eu contesto). Seria o mesmo que afirmar que ser alemão é um perigo para a humanidade e que Hitler é a prova disto. Ou então que beber vodka causa danos permanentes no cérebro e faz o indivíduo querer assassinar friamente milhões de dissidentes...vide Stalin! Que correlação mais ignóbil!

Outro fato interessante de considerar é que, apesar deste monstros serem ateus, NENHUM outro ateu - que não seja nazista ou comunista doente - jamais aprovaria a atitude deles. É o contrário das cruzadas, caça às bruxas, e muitos atos terroristas que tinham o apoio e eram abertamente defendidos pelas autoridades religiosas de seu tempo. A igreja até financiou as cruzadas, pagou pra matar muçulmanos. Os padres europeus sentenciavam à morte as bruxas, e muitos líderes muçulmanos eram, e ainda são, no mínimo, frouxos com relação aos terroristas suicidas.

Estes teístas, apressados em condenar falsamente os ateus, esquecem também de mostrar outras estatísticas muito interessantes. Uma pesquisa mostrou que a porcentagem mundial de ateus/agnósticos/secularistas é aproximadamente 16%. No entanto a população de ateus/agnósticos/secularistas nas prisões americanas e canadenses é de 0,33%. Baixíssima comparada a sua porcentagem na participação da sociedade. No outro extremo, a porcentagem de ateus/agnósticos/secularistas na Academia Nacional de Ciências é de 93%! Altíssima, não?

Talvez estes teístas estejam tão desesperados em sujar o nome dos que não acreditam em deus que se cegam diante das informações mais óbvias, e relacionam características aleatórias com brutalidades desumanas para tentar justificar suas crenças infundadas.

Depois dessa eu preciso de uma vodka.

Leandro Parente - Perspectivas

2 comentários:

Leonardo disse...

concordo com você,mas sejamos sinceros a opinião deles com relação aos atéus nem um pouco nos encomoda,mesmo porque se nos emportassemos com opinião de terceiros principalmemte de teístas não seriamos atéus e se eles fossem lógicos não seriam téístas srsrsrss

Draconus T. disse...

Estaline (ou Stalin) era, de facto, um político de esquerda, ao contrário de Hitler. Aliás, o ideologia das políticas de Hitler são precisamente chamadas de extrema-direita, sendo no caso dele nacionalista.

Também não concordo com o facto de você ter dito "comunistas doentes". São pessoas com ideologia diferente das pessoas com outras ideologias (isso é óbvio) e é uma ideologia que, embora utópica, é tão válida como outra qualquer. Além de que um dos pilares sobre o qual o comunismo assenta é precisamente o ateísmo ;)

Por isso não vamos andar a generalizar.